loading

Dicas sobre relacionamentos no ambiente de trabalho

* Por Adriana Franco

Ah, os relacionamentos profissionais. Já percebeu como eles são tão, ou mais difíceis do que os relacionamentos pessoais?
Seja você colaborador de uma empresa, ou dono da sua, as dificuldades de relacionamento sempre surgirão.
O chefe exigente, o colega nem tão bem intencionado, o colaborador mal humorado,  o funcionário do seu cliente que não te recebe tão bem.
Através das experiência que tenho observado, e ate vivenciado nesses 20 anos de mercado, decidi preparar algumas dicas práticas.

Chefe/Cliente Exigente – Chefe exigente é bom, aproveite e aprenda com as cobranças. Sempre tive superiores exigentes, muito exigentes acreditem, e posso dizer que se não fossem eles, eu não teria chegado até aqui. Cada cobrança me fez enxergar um ponto a melhorar.
Com cliente exigentes acontece o mesmo, quando mais nos cobram, mais aprendemos, porque nos desafiamos a ser melhor.
Por isso, se o seu chefe ou o seu cliente é exigente, não reclame, aproveite.

Colaborador mal humorado – Se o seu colaborador vira e mexe chega com  um mal humor de dar medo, tente conversar, pergunte se ele está bem, se você pode ajudar. Isso pode fazer com que ele relaxe, fale um pouco e melhore. Mas, se ele continuar monossilábico, o negócio é dar as tarefas do dia e deixá-lo em seu canto. Se ele for competente no trabalho, não se importe com o seu humor, isso não lhe compete, afinal todos nós temos o nosso dia de “ovo virado”

Colega Mal Intencionado – Se o seu problema é com o colega mal intencionado, tente não se importar tanto com ele. Faça o seu trabalho da melhor maneira possível, preste atenção e muito cuidado para não errar, ele até pode tentar te derrubar, mas se você estiver bem preparado não vai cair. Mas, caso ele te dê um tombo ou outro, aproveite e utilize-o como impulso para saltar ainda mais em sua carreira.

Agora se o seu problema é com o colaborador do seu cliente, atenção para não cair na armadilha de bater de frente. Quando perceber que alguém dentro da empresa para qual você presta serviço não vai lá muito com a sua cara, são duas sugestões: primeiro tente conversar com a pessoa tranquilamente, para saber o que está acontecendo; mas, se mesmo assim os desentendimentos continuarem, procure o dono da empresa, ou  seu supervisor  e relate o que está acontecendo, apresentando o seu ponto de vista e deixando a pessoa em questão apresentar o dela.
Tenha uma conversa clara e franca sobre o que está acontecendo.
Agora a dica fundamental, jamais leve para o lado pessoal, ou fique batendo de frente o tempo todo com essa pessoa, no final as duas partes vão se dar mal, pode acreditar. Bater de frente, seja lá com quem for, no ambiente de trabalho, só vai te deixar estressado, impedindo que você desempenhe a sua função de maneira competente.
No ambiente profissional o controle emocional é fundamental, se perceber que não consegue se controlar, procure ajuda, seja de um colega, um familiar, ou até mesmo um especialista.Vale a pena.
Lembre-se que, para a empresa a qual você trabalha os resultados serão sempre mais importantes do que as crises de relacionamento.

*Adriana Franco é jornalista, diretora do núcleo de assessoria de imprensa e produção de conteúdo da Souza Franco Comunicação, apresentadora do programa MegaSucesso da TV ABCD, produtora dos programas MegaSucesso e Momento Empreeendedor (ambos na TV ABCD),  produtora do quadro Carta da Fé que vai ao ar pelo programa Paulo Barboza na Rádio Capital Am.

 


Comentários fechados

Wp Plugin by capn3m0