loading
  • slide-1
  • slide-2

Making Off de Binno OXZ e o Clã de Prata

Olá, bem vindo ao nosso Blog, esse espaço foi criado com a intenção de compartilhar ideias soltas ou processos dos trabalhos, jogando um olhar compreensivo no processo criativo de nossa equipe.

Como post de estreia escolhemos um trabalho já um pouco antigo mas que foi bem documentado no fórum on-line 3d4all, a capa do livro Binno OXZ e o Clã de Prata, do autor nacional Fábio Henckel, lançado pela Editora Novo Século, em 2008.

 

Criando um projeto diferenciado

primeiro esboço do projeto gráfico

O primeiro desafio ao elaborar a capa de Binno OXZ foi determinar a criação de um projeto que destacasse nas prateleiras das livrarias e, ao mesmo tempo, entregasse uma experiência de “descobrimento” de um novo mundo, do qual o leitor – na companhia do personagem principal do livro – acabaria fazendo parte. Com isso em mente propomos as editora uma faca diferenciada, que explorasse “furos” no lugar das lentes do óculos de um dos personagens, esse personagem foi eleito entre tantos pois atua na história como  “a ponte” de entrada do personagem principal no fantástico mundo de ficção e fantasia que o autor criou.

Descobrindo os personagens

Esboço Binno OXZ

Após descoberta a forma do projeto o trabalho  de criação de um livro de fantasia teen acaba focando em como os personagens se parecem, quais suas personalidades, trejeitos e roupas. Por causa dessas questões gastamos um período relativamente curto criando diversos estudos de possíveis visuais dos personagens em concept designs, sempre acompanhados mais de perto pelo autor e editor do livro, que já possuiam uma certa ideia dessas imagens e de como elas vão se relacionar com o público alvo da obra.

No caso de Binno OXZ, achar a cara do próprio Binno -personagem principal do livro – foi relativamente fácil. Henckel já havia nos sinalizado que ele deveria usar roupas com um certo ar Hip Hop, porém futuristas, e que se tratava de um garoto mulato com muito carisma, além disso já circulavam na net alguns estudos do personagem feitos por ilustradores amigos do autor, que deram um certo norte para nossa criação. Já definir o visual do grandalhão Orion era mais difícil, mas alguns valores e informações já norteavam nossa criação: ele deveria ser um homem Negro, que aparentasse grande força física porém sem ser agressivo e uma certa nobreza, ele deveria usar grandes óculos escuros que encobrissem grande parte dos olhos, pois o mesmo é cego.

sobretudo deu uma dimensão mais heroica e misteriosa ao personagem Primeiro esboço rosto Orion rastafaris provaram ser uma solução interessante 

Estudo da fisionomia

Os primeiros estudos de Orion acabaram criando um personagem careca, uma característica que Fábio nos disse não desejar, para não criar associação com o personagem Morpheus, do filme Matrix – e realmente a figura de um negro em sobretudo, careca e de óculos escuros acabava criando essa associação – acabamos então explorando uma solução que não estava descrita nos livros, o uso de rastafaris nos cabelos que acabaram ficando muito interessantes, os toques finais foram no ajuste da fisionomia e biotipo dele para algo mais sólido e blocado, como nos primeiros esboços apresentados. Estavam definidos os protagonistas da capa.

Relação de tamanho dos personagens e escolha do ângulo da câmera

Execução, composição e pintura digital.

Começamos então o trabalho de execução da capa em si, apesar do aspecto orgânico dos esboços todo trabalho foi executado digitalmente usando softwares que emulam materiais como lápis e pinceis reais.

Esboço, inicio do refino do esboço , assim como a finalização usaram um software pouco conhecido, o ArtRage, que apesar de leve e acessível emula alguns materiais reais com resultados satisfatórios.

Com ajuda do Photoshop fizemos algumas correções na composição, tentando ajustá-la nas famosa espiral Finabocci (espiral áurea), voltamos então ao ArtRage, onde terminamos a finalização dos traços e demos início as manchas apenas em tons de cinza.

Aprofundamos o detalhamento de volumes, luzes e sombras nos tons de cinza e quando chegamos a um resultado satisfatório demos início a tonalização dos mesmos com cores, já no Photoshop.

A paleta de cores começa a ser ajustada já tendo em mente o resultado final da pintura, começamos a valorizar mais os volumes aumentando contrastes e adicionando contra luzes. Os estudo de tipologia começam a ser aplicados para garantir o destaque do título.

Antes da finalização opções de contraste e tipologias são convertidos para preto e branco novamente, nesse ponto a preocupação é conseguir ver mesmo em tons de cinza o contraste dos elementos, garantindo a leitura da imagem tonalizada.

Detalhes 100% da pintura digital, a meta era manter o resultado o maus próximo possível dos materiais tradicionais de pintura.

Capa Binno OXZ finalizada


Deixe um comentário

Wp Plugin by capn3m0